A suinocultura brasileira fez o seu dever de casa em 2019?

A resposta é sim! O ano de 2019 foi um ano de grandes oportunidades para o setor de exportação de produtos de origem animal no Brasil. Embora o mercado interno ainda seja o mais importante para os nossos resultados, como consequência da Peste Suína Africana que está acometendo países orientais as exportações foram direcionadas para grandes importadores da nossa carne suína.

Alguns recordes foram quebrados no ano de 2019. Pela primeira vez a produção de carne suína pode ter ultrapassado 4 milhões de toneladas resultando também no melhor ano de exportações, girando em torno de 740.000 toneladas segundo relatório disponibilizado pela ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal).

Antes da publicação final do relatório anual especialistas já avaliavam os números brasileiros comentando a importância de se comemorar, pois após 4 anos difíceis a produção nacional reagiu e apresentou resultados satisfatórios. Além disso Francisco Turra, presidente da ABPA disse: “Toda proteína animal terá um mercado excepcional nos próximos anos. O Brasil é um dos fornecedores de alimentos mais importantes do mundo”. O comentário se dá por alguns fatores, sendo um deles a grande capacidade de produção que temos no nosso país e oportunidades de mercado que surgem anualmente como a crise causada pela Peste Suína Africana na Ásia que criou a necessidade de importação de carne suína.

Cerca de 32,7% das exportações Brasileiras de carne suínas foram direcionadas para a China e Hong Kong também importou aproximadamente 21,6% o que somados representam 64% de toda a nossa exportação. Estados Unidos e África também foram importantes nos nossos resultados representando respectivamente 19 e 8% do que vendemos. Já a União Europeia, parceira do Brasil há alguns anos, representou apenas 0,2% do acumulado de 2019.

Especialistas avaliaram um crescimento de 1-2,5% do produzido no ano de 2018 (3,97 milhões de toneladas), o que atingirá o recorde de 4 milhões de toneladas pela primeira vez, o que somado as oportunidades que tivemos em 2019 pôde concluir que sim, fizemos um belo trabalho e ainda podemos atingir metas cada vez mais satisfatórias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *