fbpx

Teste rápido para detecção de Lawsonia intracellularis

Dentre as ferramentas de diagnóstico da Lawsonia intracellularis, destaca-se a detecção direta do agente nos tecidos via PCR. Essa técnica, apesar de apresentar ótima sensibilidade, possui execução restrita ao laboratório, exigindo a utilização de equipamentos sofisticados e profissionais treinados para a realização das análises. Os impactos econômicos causados pela L. intracellullaris requerem um diagnóstico rápido e assertivo, que possibilite o desenvolvimento de um protocolo específico e eficiente para o controle da doença (Kassem et al., 2010).

A amplificação da polimerase recombinante (RPA) é uma tecnologia de amplificação isotérmica que, ao contrário da PCR, não exige um pré-tratamento das amostras de DNA nem uma temperatura de incubação rigorosa para o desempenho da técnica. O bastão de medição de fluxo lateral (LFD) é uma técnica de diagnóstico visual e portátil que, além de poder ser utilizada para detectar diversos tipos de substanciais, não exige que seja realizada em condições laboratoriais. Essa combinação de propriedades é um avanço significativo no desenvolvimento de testes portáteis e acessíveis baseados na detecção de DNA.

No estudo feito por Yanyang Wu (2019), o acoplamento do ensaio do RPA ao sistema LFD (RPA-LFD) foi desenvolvido para detectar o DNA da L. intracellularis em fezese apresentou especificidade de 100%, sendo possível discriminar a presença desta bactéria frente a outros patógenos entéricos nas amostras analisadas.Além de apresentar sensibilidade comparável a PCR convencional para detecção de L. intracellularis, uma grande vantagem do RPA-LFD seria a amplificação do DNA sob uma temperatura relativamente baixa e constante (25° a 42°C), que poderia ser alcançada com facilidade por meio de um simples dispositivo de aquecimento, como um banho-maria. O tempo de execução da técnica também é muito mais curto quando comparado aos métodos baseados em PCR, levando cerca de 30 minutos até a visualização do resultado. O RPA-LFD é extremamente interessante e adequado para diagnóstico à campo, funcionando como uma ferramenta útil para vigilância epidemiológica.

Wattanaphansak, S., Gebhart, C.J., Anderson, J.M., Singer, R.S. Development of a polymerase chain reaction assay for quantification of Lawsonia intracellularis. J Vet Diagn Invest v. 22, p. 598–602, 2010

Wu, Y., Tian, K., Zhang, Yuhan, Z., Guo, H., Li, N., Wang, Z., Zhao, J. Rapid and visual detection of Lawsonia intracellularis with an improved recombinase polymerase amplification assay combined with a lateral flow dipstick. Veterinary Research, 15:97, 2019.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *